MATÉRIAS

 

CONHEÇA O PHS

O repórter Bernardo Bittar, do jornal “Correio Braziliense”, publicou reportagem sobre as finanças do PHS, revelando como funciona um partido nanico e como é administrada a verba do Fundo Partidário. Um tema para o TSE investigar. A sigla significa Partido Humanista da Solidariedade. Uma solidariedade familiar pelo que foi apurado por Bernardo Bittar. A mãe e quatro tios do presidente do PHS, Eduardo Machado, têm participação na empresa da qual ele comprou uma caminhonete e dois sedãs de luxo, pagos com dinheiro público e usados para fins particulares. O político repassou R$ 486 mil do Fundo Partidário para bancar os três carros, que ele usa, inclusive, para ir a sua fazenda. A família também foi beneficiada com R$ 225 mil referentes ao pagamento de material promocional da Funsol, fundação vinculada ao PHS, arrematado numa loja pertencente a uma prima de Machado, que também atua como advogada do partido. Ao todo, a sigla recebeu R$ 3,8 milhões do Fundo Partidário em 2017. 

 

Autor: Rogério Mendelski

Postada em: 30/08/2017

 

 

Comentários

 

 

PEDIDOS MUSICAIS

NOME

CIDADE / ESTADO

PEDIDO

TOP 10

 

 

PARCEIROS